LOGO SITE1.jpg

Mirando 2018: Movimentações políticas

13 Abril 2018 08:52:00

É evidente que a nível municipal está tudo calmo. Teremos pela frente mais três anos. Depois disso as movimentações normais. Esperamos candidatos preparados, há longo tempo, para as funções políticas. Que não seja alguém que vem com cheiro de salvador da pátria. Ou alguém tagarela. Alguém que se impõe pelos bens materiais. Ou alguém que caia de paraquedas. Penso que todos os partidos necessitam de reflexão rápida neste assunto. Visem e preparem os possíveis candidatos para as diferentes funções. Na sua cidade, na época da campanha, ninguém previsto para os cargos. É trabalho dos partidos que possuem bons dirigentes. Estes devem agir com amor, tranquilidade, sinceridade. Precisam se interessar pelos melhores. Aí, sim, construí-los para os cargos. As siglas que não tem esta visão são apenas siglas. Os dirigentes das siglas que não atuam incansavelmente, não são bons dirigentes. Cedam lugar para gente que se movimenta e tem disposição. Eles precisam primar pela paciência, calma, maturidade. Não são autoridades. São servidores e provedores dos grupos que compõem a sigla. O que for inteligente não resolve por si. Busca parcerias. Os partidos podem eleger qualquer energúmeno com o dinheiro. Será um eleito com cabresto. Tem dono. Os eleitos não o são para ostentarem empáfias. Quem se elege tem dívidas com a sociedade. Vai agir de conformidade com sua função. É trabalho bom que precisa se destacar. Há eleitos que são parecidos às aves de mau agouro: "Só formulam defeitos como forma de aparecer".  Nós do povo estamos azedos com este tipo de políticos. Quando auscultamos algum pronunciamento dá vontade de morrer. A ignorância aflora. A falta de visão política está latente. Prende-se às rabugices de costume. Valorizam querelas insignificantes. Saúdam compadres e comadres. Esperamos pela conversão destes eleitos, com atuação ínfima e equivocada. Isto tudo se revela porque nos partidos não há preparação. Os possíveis  candidatos precisam estudar. Participarem de estudos pontuais da política. A função dos partidos é usar o dinheiro disponível não para comprar votos na última hora. Usar as verbas para formar seus candidatos. Os eleitos não sabem o que o partido gesta. Alguns confundem ação política com o credo que defendem. Tentam encobrir a desinformação política com frases bíblicas. Usam o nome de Deus para tentar fundamentar suas burrices. Perdão, Senhor! Todos nós aguentando! Aí assumem a posição de inimigos de quem é contrário. Não divisam que em política se tem adversários e não inimigos. Não deve funcionar o compadrio e os amigos. Tem que ser real e certo. Faz tempo que tudo isto soe acontecer por aí. Perguntamos: Até quando? Nosso povo merece ser bem representado e não lambuzado. Mesmo assim, avante! Viva! Aleluia!

Liberdade1.jpg
i10^cimgpsh_orig.jpg

Avenida Getúlio Vargas, 1400 – Sala 01 – Centro – Abelardo Luz/SC
CEP: 89830-000
Fone: (49) 3445-5773
E-mail: ofalcao@brturbo.com.br