LOGO SITE1.jpg

Número de focos sobe para 31 e Saúde convoca população para ajudar no combate ao mosquito da dengue

A Secretaria de Saúde de Abelardo Luz está convocando toda a população para ajudar no combate ao Aedes Egypti. O número de focos do mosquito aumenta a cada dia e o risco de infestação é muito grande no município. Já são 31 focos confirmados até agora, segundo os últimos dados da Vigilância Epidemiológica Municipal.
Os números foram apresentados, na manhã desta segunda-feira (28), durante reunião com representantes de entidades e demais órgãos do Governo Municipal para discutir medidas conjuntas para mobilização de toda a comunidade a se engajar na luta contra o Aedes Egypty.
De acordo com a Vigilância Epidemiológica Municipal, o bairro Alvorada é o que concentra o maior número de focos, com 25 no total, podendo a qualquer momento ser considerado infestado. Os focos deste ano também estão presentes no centro (3) da cidade, Vila São Pedro (1) e no bairro Aparecida (2).
A principal ação de combate aos focos, que já está sendo feita, porém será reforçada com apoio das entidades é a realização dos mutirões de limpeza e de caça aos focos em todos os bairros da cidade. O próximo mutirão será nesta quarta-feira, dia 30, no bairro Santa Luzia, das 8h às 12h. Os agentes de Saúde e agentes de Endemias, com apoio dos voluntários das entidades, estarão percorrendo as ruas, orientando os moradores a cuidar dos lotes e fazendo a coleta de larvas para análise.
"A secretaria municipal de Saúde não tem mais condições de fazer sozinha este trabalho de combate ao mosquito da dengue. Por isso precisamos do apoio de toda comunidade abelardense. A situação está crítica e o nosso município pode estar sendo declarado infestado a qualquer momento. Se acontecer o primeiro caso da doença terá um surto de dengue na cidade e isso que queremos evitar com essas ações", afirmou a enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, Rosane Ribeiro.

Multa
Durante a reunião foi levantada proposta de aplicação de multa para os proprietários de lotes que já foram notificados e não tomaram as devidas providências em relação a limpeza e cuidados com os criadouros do mosquito.
"As ações serão desenvolvidas através de mutirões e de conscientizações com palestras em parceria com as entidades. Tem também uma discussão com relação aplicação de uma multa para pessoas reincidentes que seria aplicada por outro órgão. Essa questão está sendo discutidas e provavelmente terá que passar por aprovação da Câmara de Vereadores. Infelizmente seria um dos caminhos para eliminarmos muito lixo e entulhos em nosso município", salientou Rosane.
Participaram da reunião o prefeito Wilamir Cavassini, o vice Jorge Piccinin, além de representantes do Corpo de Bombeiros, CDL, Secretaria de Saúde, Assistência Social, Secretaria de Infraestrutura, Vigilância Sanitária, Hospital Rogacionista Evangélico, Aurora Alimentos, Rede Feminina de Combate ao Câncer e membros de alguns Conselhos Municipais.
"O problema é bastante sério e a população precisa estar consciente. Não é um problema da prefeitura, do prefeito, do vereador ou do médico. É um problema que a sociedade está enfrentando e nós vamos pagar caro se cada um não fizer a sua parte. Por isso convocamos que cada morador e cada cidadão para que cuide da sua residência", enfatizou o prefeito Wilamir Cavassini.


Assessoria de imprensa


Imagens


Liberdade1.jpg
i10^cimgpsh_orig.jpg

Avenida Getúlio Vargas, 1400 – Sala 01 – Centro – Abelardo Luz/SC
CEP: 89830-000
Fone: (49) 3445-5773
E-mail: ofalcao@brturbo.com.br